Palmas, quarta 17 de julho de 2019

Tênis

Nadal consegue virada em cinco sets e escapa de zebra gigante em Paris

24/05/2011 17h52

globo.com Rafael Nadal ganhou motivação com uma dupla falta de Isner no quarto set (Foto: EFE)
Nadal consegue virada em cinco sets e escapa de zebra gigante em Paris

Rafael Nadal nunca havia perdido um set em uma estreia em Roland Garros. O espanhol também jamais havia disputado um jogo de cinco sets no Grand Slam francês. As duas marcas caíram nesta terça-feira, mérito do americano John Isner, número 39 do mundo, um "gigante" de 2,06m de altura. Não caiu, porém, a invencibilidade do pentacampeão de Roland Garros. Nadal esteve a um set da derrota, mas conseguiu uma bela virada e saiu de quadra vitorioso depois de 4h01m de jogo. As parciais foram 6/4, 6/7(2), 6/7(2), 6/2 e 6/4.
O resultado mantém, pelo menos por enquanto, a liderança do ranking nas mãos de Rafael Nadal. Uma vitória de Isner nesta terça-feira daria o posto de número 1 do mundo a Novak Djokovic. O sérvio, no entanto, ainda só depende de si para ultrapassar Nadal - basta chegar à final em Paris.

Outra escrita que continua viva é a de Nadal em estreias em torneios de Grand Slam. Em toda sua carreira, ele jamais foi derrotado em uma rodada inicial. O espanhol, campeão cinco vezes no torneio parisiense (2005, 2006, 2007, 2008 e 2010), agora tem oito vitórias consecutivas na terra batida de Roland Garros. Garantido na segunda rodada, Nadal terá pela frente agora o compatriota Pablo Andujar, 48º no ranking, que se classificou ao superar o colombiano Santiago Giraldo (63º).

Nadal já começou a partida encontrando dificuldades para devolver o saque de Isner. Com o espanhol se posicionando muito longe da linha de base, o americano executava subidas à rede e fazia voleios curtos. Quando conseguia impor as trocas de bola, porém, o número 1 do mundo levava vantagem. E com uma quebra de saque no primeiro set, Nadal fechou a parcial em 6/4.

O segundo set parecia caminhar de forma semelhante, com o favorito quebrando o serviço de Isner logo no início e consolidando a vantagem. Nadal, no entanto, cedeu uma quebra no oitavo game, com um erro não forçado de esquerda. Depois disso, o espanhol pareceu perder a confiança nos golpes, enquanto Isner ganhou energia e forçou o tie-break. Sacando com confiança, o americano se impôs e empatou a partida em 1 set a 1.

O tom do jogo se manteve no terceiro set. Nadal seguia com problemas no serviço do americano, e Isner agredia o número 1 com confiança. O espanhol teve três chances de quebra, mas não conseguiu convertê-las. Isner precisou sacar em 15/40 no 11º game, mas encaixou duas pancadas e se salvou nos dois set points. A parcial foi para o tie-break, e novamente o americano saiu na frente. Nadal errou muito e, pela segunda vez na carreira, perdeu dois sets em Roland Garros.

Isner, no entanto, não manteve a precisão. Com uma dupla falta, ele cedeu uma quebra a Nadal logo no terceiro game do quarto set. Depois disso, o espanhol dominou. Confirmando seu saque sem ser ameaçado (Isner só teve um break point em todo o jogo), o número 1 ganhou confiança e abriu vantagem. Mais uma quebra, agora no sétimo game, colocou Nadal com o serviço para fechar a parcial em 6/2. Sem vacilar, o favorito mandou o jogo para o quinto set.

Com ânimo renovado, o número 1 passou a jogar mais solto e com mais precisão, acertando enfim as passadas que não entraram nos sets iniciais. Logo no terceiro game, Nadal conseguiu uma quebra. Na sequência, abriu 3/1 e não abriu uma fresta sequer para Isner.(globo.com)


   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.