Palmas, segunda 18 de junho de 2018

Esporte a Motor

Dupla das pistas de terra na Cascavel de Ouro

13/06/2018 19h02

Fotos: Divulgação MP Competições
Firmada entre os eventos mais movimentados do calendário nacional do automobilismo, a Cascavel de Ouro tem reforçado sua lista de pilotos inscritos nas mais variadas modalidades do esporte. Mesmo sendo realizada em circuito de asfalto, a 32ª edição, confirmada para o dia 18 de novembro no Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel, mantém a tradição de atrair nomes de destaque nas competições catarinenses de velocidade na terra.

Uma das duplas da MP Competições para a corrida, que terá premiação inédita de R$ 150 mil, é composta por pilotos que participam regulamente das competições em circuitos de terra. Marcelo Cancelli, que disputou duas edições da Cascavel de Ouro, voltará ao grid da prova formando dupla com Christiano Bornemann, que disputou apenas uma edição. Eles vão revezar a pilotagem do VW Gol número 343, o carro que Bornemann pilota em Santa Catarina.

Bornemann leva para a Cascavel de Ouro um currículo eclético. Além do pentacampeonato brasileiro e do tricampeonato paranaense de velocidade na terra, soma outras dez vitórias em provas como as 100 Milhas de São José dos Pinhais, a Copa do Brasil, a Copa Santa Catarina, a Taça São Bento do Sul e as 100 Milhas de São Bento do Sul. Também já participou de competições de rali e, em pistas de asfalto, de campeonatos de provas curtas e de endurance.

“Gosto muito de provas longas. Já fiz Seis Horas de Curitiba, 500 Milhas de Londrina, 12 Horas de Curitiba. A estratégia desse jogo me agrada, costumo me dar bem”, diz o piloto de Jaraguá do Sul, que compete com apoio de WD40, Mundial Prime, H7 Desengraxante, Mecar Carburadores, Vhip acessórios, Lion Polimers, Metalmatrix Abraçadeiras e Point-Lux. Em sua única participação na Cascavel de Ouro, em 1996, foi segundo colocado da categoria Marcas.

Cancelli, representante de Joaçaba, disputou duas edições da Cascavel de Ouro. Foi ao pódio em quinto lugar em 2015, em trio com Jorge Martelli e Michel Giusti, e terminou na nona posição em 2016, ao lado de Guto Baldo. “O Chris é experiente e o carro da MP é muito bom. Vou fazer alguns treinos para me adaptar novamente, mas vamos brigar por vitória”, afirma o piloto, que tem um título brasileiro e dois vices catarinenses na velocidade na terra.

INSCRIÇÕES
Pilotos e equipes podem solicitar a ficha de inscrição na 32ª Cascavel de Ouro por e-mail, com mensagem para cascaveldeouro2018@gmail.com, ou pelo número celular (45) 9 9937-1052. A disputa é aberta a pilotos inscritos carros da categoria Marcas & Pilotos 1.6, configurados pelo regulamento técnico do Campeonato Paranaense. A corrida terá duração de três horas e será transmitida ao vivo para todo o Brasil pelo canal BandSports.

O regulamento desportivo da Cascavel de Ouro estipula em R$ 5 mil a taxa de inscrição por carro, independentemente de serem dois ou três pilotos. Para inscrições efetuadas até 31 de julho há um desconto de 10%, trazendo a taxa a R$ 4,5 mil. Os vencedores da corrida receberão R$ 100 mil. Há prêmios de R$ 20 mil ao segundo lugar, de R$ 12 mil para o terceiro, de R$ 8 mil para o quarto e de R$ 5 mil para o quinto, além de R$ 5 mil pela pole position.




Grelak Comunicação 

   

Comentários (0)

  • Nenhum comentário publicado. Clique aqui para comentar.